A Polícia Civil, em ação conjunta da SIG de Ivinhema e delegacia de Angélica, identificou duas pessoas como os possíveis mandantes de um homicídio em Angélica. 

Os fatos ocorreram no dia 04.05.2024, por volta das 22 horas, na cidade de Angélica, quando duas pessoas teriam invadido uma residência e efetuado, ao menos, seis disparos de arma de fogo que atingiram fatalmente uma vítima de 33 anos e causou lesões graves em outra vítima de 45 anos.

De posse dessas informações, investigadores de Angélica e de Ivinhema realizaram uma série de diligências conjuntas, que culminaram na identificação dos suspeitos de serem os mandantes do crime, sendo eles, Amarildo Soares do Pinho, 60 anos, e Jessica Fernanda dos Santos do Pinho, 33 anos, respectivamente, pai e filha. 

Segundo consta, pai e filha teriam um desafeto em comum e por esse motivo, em tese, promoveram um “tribunal do crime” que teve como desfecho a morte da vítima.

Diante disso, a autoridade policial representou pela prisão preventiva dos suspeitos, que, após manifestação favorável do Ministério Público, foi decretada pelo Poder Judiciário. 

Porém, ambos fugiram e até o momento estão em local incerto. Inclusive, o homem de 60 anos, possui outro mandado de prisão em aberto também por suspeita de homicídio no Estado do Mato Grosso. 

 A Polícia Civil salienta que quem souber de alguma informação do paradeiro dos procurados poderão fazer denúncias anônimas por meio do “Whatsaap” da SIG (67- 99208-9491), garantindo-se o sigilo dos denunciantes.

POLICIAL RESPONSÁVEL PELA NOTÍCIA: 

Assessória de imprensa da Polícia Civil