Menu
12 de agosto de 2020
10º min
16º min
23/05/2019 às 06h55

Menor agride mãe, ateia fogo em móveis e se tranca em cômodo, mas PMs conseguem apagar chamas e salvá-lo


iviagora - Jornal da Nova

Um adolescente de 14 anos, se desentendeu com sua a mãe, Geni de Oliveira Nascimento de 53 anos, a agrediu, depois ateou fogo na casa e se trancou no quarto, na tarde desta quarta-feira (22), em Nova Andradina.
 
Segundo o boletim de ocorrência, uma equipe da Polícia Militar realizava patrulhamento pelo bairro Bela Vista, quando na rua Edson Gonçalves Dias, se deparou com a fumaça que saia de uma residência.
 
Populares que estavam por perto relataram aos policiais que um adolescente havia agredido a mãe com socos e cotoveladas e ateado fogo na cozinha do imóvel, se trancando logo em seguida em um dos cômodos.
A equipe policial imediatamente adentrou na residência e verificou que havia papelões e sacolas plásticas em chamas em cima do fogão, gerando muita fumaça. As chamas foram contidas pelos próprios militares e o botijão de gás retirado do local. Não foi preciso acionar o Corpo de Bombeiros.
 
O menor foi retirado da casa que estava tomada pela fumaça e confessou aos policiais que agrediu sua mãe porque ela o obrigou a ir para a escola.
 
A mulher disse que o filho vem se demonstrando agressivo e procurou já ajuda para saber se ele sofre de algum distúrbio mental. Os dois foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina.

Galeria de Imagens / Imagens: Luis Gustavo/Jornal da Nova