Menu
21 de janeiro de 2021
10º min
16º min
26/05/2019 às 06h30

Homem é morto a tiros e município registra 2º homicídio em menos de 24 horas


iviagora - CGNEWS

O empresário Alécio Favaro Júnior, de 34 anos, foi assassinado a tiros no fim da tarde deste sábado (25) em Itaquiraí/MS. É o segundo homicídio registrado pelo município em menos de 24 horas.

De acordo com o site Tá Na Mídia Naviraí, o rapaz era proprietário de um mercado na região central da cidade e foi morto enquanto limpeza a varanda da casa que fica anexa ao estabelecimento comercial.

O suspeito atirou diversas vezes e rapidamente fugiu. Alécio foi atingido nas costas e também na cabeça, morrendo no local.

A polícia analisará imagens das câmeras de seguranças das casas e comércios da região para tentar identificar o autor.

Auxiliar de serviços gerais, Adriano Lidorio Lacheski, de 26 anos, foi assassinado pelo cunhado com uma machadada na cabeça, durante madrugada deste sábado, em Itaquiraí. A vítima foi morta enquanto dormia e o suspeito, de 39 anos, acabou preso horas depois.

 Outro caso 

Dormindo homem é assassinado com golpe de machado

De acordo com o boletim de ocorrência, a irmã de Adriano o encontrou deitado na cama, com um ferimento na cabeça e já sem vida. Equipes da Polícia Militar, Civil e a perícia foram ao local e apreenderam, no quintal da casa, um machado sujo de sangue, possivelmente usado no crime. Para a polícia, a vítima foi morta enquanto dormia.

Dormindo homem é assassinado com golpe de machado

Em depoimento, a irmã da vítima disse que seu namorado foi o autor do assassinato. Ela relatou que os três moravam juntos a pouco tempo e que na noite desta sexta-feira beberam até tarde. Para a polícia afirmou não saber exatamente que horas o crime aconteceu, que apenas viu o suspeito ir embora com uma mala e encontrou o irmão morto.

Equipes da Polícia Civil realizaram buscas pela região e prenderam Marcos Ferreira de Oliveira, de 39 anos, em flagrante. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Itaquiraí, onde será ouvido. O caso é investigado como homicídio simples.

 
Suspeito foi preso em flagrante pela Polícia Civil (Foto: Divulgação)Suspeito foi preso em flagrante pela Polícia Civil (Foto: Divulgação)