Menu
3 de abril de 2020
10º min
16º min
20/08/2019 às 07h40

Polícia é ‘expulsa’ de presídio por membros do PCC durante pente-fino


iviagora - MIDIAMAX

A polícia paraguaia foi ‘expulsa’ na manhã desta terça-feira (20), por membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) do presídio de Tacambú, em Assunção, no Paraguai depois de tentar fazer um pente-fino no estabelecimento penal. Os presos tinham as chaves das próprias celas e pavilhões.

A tentativa de fazer o pente-fino aconteceu por volta das 5 horas da manhã desta terça (20), quando os policiais tentavam encontrar provas de um crime que estava sendo cometido de dentro do presídio, o ‘sexting’, quando os detentos se passavam por mulheres e pediam fotos íntimas a homens que eram chantageados depois para não terem as imagens divulgadas.

Os pavilhões alvos da polícia são dominados pela facção criminosa PCC e quando os militares entraram, os presos começaram a trancar as celas e os pavilhões já que eles tinham as chaves impedindo o pente-fino. A ação durou menos de meia hora.

 

Segundo o site ABC Color, os policiais foram retirados do presídio para que um massacre não acontecesse dentro do estabelecimento penal. Informações são de que as ligações vinham de uma única linha de dentro do presídio e que o gruo já teria conseguido com as extorsões o valor de R$ 50 mil.