Menu
9 de dezembro de 2019
10º min
16º min
02/12/2019 às 05h56

Ajude um guerreiro do Asfalto - Caminhoneiro


iviagora

Eu sou Diego Fernandes Santos. Assim como você, sempre me dediquei ao trabalho, a família, aos amigos etc. Infelizmente, a vida nos é um caixa de surpresa. Esta, demonstrou, da pior maneira, o quão traiçoeira pode ser. Fui traído na data de 24 de setembro de 2019 quando transportava, no caminhão, meu ganha pão cargas de botijão de gás.

Nesta data, senti que não me restava mais nada, quando da falha dos freios do caminhão, me empurraram penhasco abaixo.

Meu companheiro e eu, não tínhamos o que fazer. Decidimos, na pior das hipóteses, arriscar nossas vidas..Resolvemos arriscar em um pulo, quem sabe de sorte, de um caminhão que trafegava, desgovernado e sem freios, há mais de 100 Km/h. Não sei se posso chamar de sorte, mas a vida de meu companheiro foi ceifada sem muitas dores. Felizmente sobrevivi, mas com sequelas. Ainda sem desvendar o que aconteceu desde o acidente, me encontro em coma, mas consciente., ou seja, respondendo há alguns estímulos. Para que eu possa voltar à "realidade", preciso de uma cirurgia de reconstrução do crânio. Perdi massa cefálica e, parte de meu crânio tivera que ser retirado para estancar ou amenizar as pressões intracranianas. Peço-lhes, a quem puder, que contribua com qualquer valor, pois estou incapacitado de exercer minha profissão e de dar o sustento para minha família.

Para que este relato seja fidedigno, deixo-lhes fotos de como me encontrava antes, bem como depois dessa tragédia. Ah! Querido companheiro, Diogo! Que Deus possa confortar sua família e lhe guarde em bom lugar. Eu, bem... eu continuo na terra, lutando por mais alguns anos de vida...

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-um-guerreiro-do-asfalto-caminhoneiro

Para contribuir com qualquer quantia a conta é do Banco Bradesco