Menu
30 de março de 2020
10º min
16º min
06/01/2020 às 10h08

Menina de 12 anos é acorrentada em casa pelo pai após contar que estaria grávida


iviagora - MIDIAMAX

Na noite do último sábado (4), homem de 32 anos foi indiciado por cárcere privado e lesão corporal, após levar a própria filha de 12 anos até um batalhão da polícia em Campo Grande. Ele alega que acorrentou a filha para que ela não fugisse e que mesmo assim ela saiu de casa para encontrar um menino que seria seu namorado.

Segundo as informações da polícia, o pai foi com a menina até o pelotão Coophavila II. Ela estava com uma corrente amarrada no pulso direito e o homem começou a contar que a filha fugia de casa frequentemente para se encontrar com um suposto namorado. Naquele dia ela teria contado para ele que estava grávida e o pai então a acorrentou em casa.

Mesmo acorrentada, a menina conseguiu fugir e foi encontrada pelo pai no cruzamento das ruas Marinha com Península, sendo levada para o pelotão policial. Os militares acionaram o Conselho Tutelar para acompanhar o caso e questionaram se a menina era agredida pelos pais, fato confirmado por ela.

A menina tinha hematomas no braço e nas pernas e confirmou que foram provocados pelo pai. O caso foi registrado pelos militares na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol e deve ser encaminhado para a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).