Menu
3 de abril de 2020
10º min
16º min
08/01/2020 às 06h19

Obreiro é suspeito de estuprar menino de 11 anos, filmar abusos e ameaçar vítima


iviagora - MIDIAMAX

A Polícia Civil investiga obreiro de 23 anos suspeito de estuprar o enteado do irmão, um menino de 11 anos, em Campo Grande. Conforme apurado, além de abusar sexualmente da vítima, ele filmava, fotografava a ação e ainda fazia ameaças. O primeiro abuso teria ocorrido em 2013.

A mãe explicou à polícia que tem dois filhos. Um deles é a vítima, fruto do primeiro casamento, e o outro é um menino de sete anos, filho do atual marido dela e sobrinho do suposto autor. Ela e o esposo trabalham, motivo pelo qual as crianças ficavam na casa da sogra, no bairro Santa Luzia.

Nesta casa reside o obreiro, que é casado, canta, toca e prega em uma igreja evangélica, e é suspeito de cometer os abusos. O caso foi descoberto em dezembro do ano passado, quando ao levar os filhos para a casa da sogra, o menino mais velho se recusou a ir.

Ao questioná-lo, acabou descobrindo os fatos. O primeiro estupro teria ocorrido em 2013, quando a vítima tinha apenas quatro anos, mas a violência passou a ser recorrente nos últimos três anos. 

Os atos eram registrados pelo celular do obreiro, que ameaçava o garoto caso ele contasse para alguém. A vítima foi submetida a atendimento psicossocial e passou por exames que comprovaram os abusos. O caso é investigado pela DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).