Menu
23 de fevereiro de 2020
10º min
16º min
16/01/2020 às 08h30

Homem é preso após vender caminhonete alugada e registrar boletim de roubo


iviagora - DOURADOSAGORA

Por volta das 12h de ontem (15) um homem compareceu à Depac e sustentou ter sido vítima de roubo na tarde de terça-feira (14), sendo subtraída uma camionete a diesel, ano 2019, modelo 2020, alugada da empresa Localiza Rent a Car. Essa pessoa relatou ter vindo de Ituiutaba/MG na companhia de sua esposa para conhecer a cidade de Bonito.

Assim, ele alegou que na terça-feira ao parar o carro na beira da estrada, no distrito de Anhandui, pertencente ao município de Campo Grande, eles foram abordados por quatro homens que estavam em um automóvel, dois deles portando armas de fogo do tipo pistola. Ainda, foi sustentado que após terem sido deixados em um local isolado as vítimas conseguiram carona com um caminhoneiro que os deixou em Dourados.

Ao ser entrevistado pelo SIG o homem, após várias contradições, alegou que teria mentido sobre estar na companhia de sua esposa, tendo se deslocado sozinho para conhecer a cidade de Bonito. Sobre a vinda até a Delegacia, a suposta vítima do roubo expôs que um mototaxista teria transportado-o gratuitamente do local onde foi deixado pelo caminhoneiro, uma vez que os autores do roubo haviam levado todo o dinheiro e cartões bancários por ele portados.

Todavia, o SIG identificou o mototaxista que transportou essa pessoa até a Delegacia, que relatou o fato de o transporte não ter sido gratuito. E mais, em certo momento os policiais identificaram que a alegada vítima havia deixado em um local os cartões bancários a ela pertencentes, dinheiro e aparelho celular.

Por fim, foi apurado que o homem havia embarcado de Coronel Sapucaia com destino a Dourados na manha de quarta-feira, sendo identificado que ele comercializou a camionete alugada, que possui o valor de R$ 130 mil no Paraguai.

O criminoso foi preso em flagrante pela prática de estelionato e falsa comunicação de crime, não sendo arbitrada fiança em razão de as penas serem superiores ao permitido para tanto. Neste ano outros casos parecidos foram apurados pelo SIG, uma vez que todos os casos de roubo de veículos automotores são investigados por esse setor da Polícia Civil cuja atribuição é apurar a prática de crimes de maior gravidade.