Menu
28 de novembro de 2020
10º min
16º min
11/04/2020 às 06h58

Médica bolsonarista que desdenhou da pandemia morre de Covid-19


iviagora

A médica Lúcia Dantas Abrantes, 66 nos, morreu na tarde desta sexta-feira, 10, em Iguatu. Ela foi vítima da Covid-19. É a terceira morte registrada no Município pela doença.

Na véspera, quinta-feira, 9 de abril, o secretário da Saúde de Iguatu, George Xavier, comunicou o segundo óbito pelo novo coronavírus no Município, de uma mulher de 33 anos da localidade de Retiro, zona rural do município. Ela estava em isolamento no Hospital Regional de Iguatu. A mulher tinha problemas cardíacos e fazia tratamento de hemodiálise.

A primeira morte no município havia sido na sexta-feira passada, 3 de abril, de um bebê de três meses de idade morreu, no Hospital Regional.

Sete municípios do Ceará tiveram confirmação do primeiro caso do novo coronavírus, segundo a plataforma online da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Os dados desses municípios foram informados nas atualizações ao longo desta sexta-feira, 10 de abril, embora alguns municípios já tivessem informado casos alguns dias antes.  

O Ceará tem 67 mortes e 1.558 casos confirmados da Covid-19.

Em Fortaleza, são 1.366 casos confirmados e 53 mortes pela Covid-19.

A plataforma do IntegraSus também revela que no Ceará restam 10.177 casos suspeitos de coronavírus.

As primeiras informações são de que o filho dela também está com sintomas da Covid-19.

O mais trágico dessa notícia é que Lucia desdenhou dos riscos da doença e defendia o fim do isolamento social.

André Borges compartilhou pelo Twitter algumas das postagens da médica e comentou: “Cuidem-se, fiquem em casa, ninguém terá mais razão que Darwin nessa pandemia!”

Ver imagem no Twitter