Menu
1 de junho de 2020
10º min
16º min
14/05/2020 às 22h37

Após apreender motocicleta furtada, polícia recupera dinheiro da venda e identifica receptadores


iviagora

 No dia 21 de abril a Delegacia de Polícia de Nova Andradina recebeu a informação de um furto de uma motocicleta CG Titan 150, no distrito de Casa Verde e iniciou diligências visando à sua recuperação. Nesta quarta-feira (13), a Polícia Militar visualizou a motocicleta furtada estacionada em frente a um comércio, no centro da cidade, quando abordou o indivíduo que se apresentava como proprietário da moto, um homem de 50 anos, e o apresentou na Delegacia de Polícia, com a respectiva motocicleta apreendida.

Entrevistado por Investigadores da Seção de Investigações Gerais, o homem disse ter recebido a motocicleta de um indivíduo cujas características eram compatíveis com pessoa já investigada pela Polícia Civil justamente pela suposta prática de delitos de tráfico de drogas e receptação, afirmando que pagou por ela o valor de R$1.500,00, em dinheiro.

Os policiais realizaram diligências imediatas que culminaram na identificação de um homem de 28 anos como sendo o responsável pela venda da motocicleta furtada. Ele confessou que, de fato, havia recebido a motocicleta de um terceiro indivíduo e a repassado ao que havia sido apreendida. Além disso, o homem de 28 anos indicou aos Investigadores de Polícia quem seria a pessoa de quem havia adquirido a motocicleta, afirmando que permaneceu apenas com uma parte do valor recebido com a venda da moto – que foi apreendido – estando o restante com referido indivíduo.

De posse das informações, os Investigadores de Polícia identificaram um homem de 47 anos como sendo a pessoa de quem a moto partiu para ser vendida aos demais identificados. Com ele, os policiais apreenderam mais uma quantia em dinheiro auferida com a venda da moto.

Durante as diligências, ainda foi possível aos Investigadores apurar que uma faca de cutelaria, que havia sido furtada de um escritório localizado na Vila Beatriz, avaliada em R$ 400,00, estava no local. O objeto foi apreendido, identificando-se como receptadora do produto a esposa do indivíduo de 47 anos, que já havia receptado a moto.

O indivíduo com quem a moto foi encontrada pela Polícia Militar responderá pelo delito de receptação culposa; já os demais indivíduos identificados pela Seção de Investigações Gerais da Polícia Civil responderão pelo delito de receptação dolosa.