Menu
30 de maio de 2020
10º min
16º min
16/05/2020 às 08h34

Com mais 7 casos, Reserva Indígena chega a 10 registros de coronavírus


iviagora - douradosagora

Com 7 novos casos registrados em 24 horas, a Reserva Indígena de Dourados passa a ter 10 confirmações para a Covid-19, segundo Boletim Epidemiológico do Distrito Sanitário Especial de Sáude Indígena de Mato Grosso do Sul (Dsei-MS), desta sexta-feira (15). A maior parte dos pacientes está em isolamento domiciliar e apenas um está na Casai - Casa de Apoio à Saúde Indígena.

O primeiro registro ocorreu na quarta, de uma mulher trabalhadora em um frigorífico. Outros dois na quinta-feira e o restante, ontem à noite.

De acordo com boletim epidemiológico, outros 16 casos foram descartados. Em todo o Estado, apenas a Reserva Indígena de Dourados registrou a doença, outros 31 casos foram descartados nas aldeias de MS e outros três casos estão sendo investigados. Com as novas notificações, de 30 casos confirmados, a macrorregião de Dourados passa a ter 38.

 

A SES, a Secretaria Estadual de Saúde e o DSEI (Distrito Sanitário Especial Indígena) informaram essa semana que estão fazendo o levantamento com as informações de todas as pessoas que tiveram contato com os casos confirmados. Essa rede de contato está sendo avaliada para rastreio e intervenção, tanto da aldeia, como fora dela e fará exames para o covid-19.

O caso traz preocupação considerando que Dourados possui a maior população deste grupo do Estado, totalizando 17,3 mil indígenas. "Toda equipe de saúde está trabalhando para conter o avanço da doença", reforça o titular da pasta, Geraldo Resende.

A partir do primeiro caso registrado, o plano de ação da saúde indígena passa para a segunda etapa na qual será feita ampla testagem na população indígena.