Menu
30 de maio de 2020
10º min
16º min
16/05/2020 às 16h59

Casos de coronavírus podem duplicar em 10 dias em MS, relata SES


iviagora - midiamax

O aumento dos casos de Covid-19, o novo coronavírus, em Mato Grosso do Sul tem preocupado as autoridades de saúde. Neste sábado (16), o número de pessoas que testaram positivo para a doença chegou a 508, 29 casos a mais que o divulgado nesta sexta-feira (15). No cálculo de médicos e especialistas, essa quantidade pode duplicar em 10 dias.

Em live nas redes sociais do Governo do Estado, o secretário de Saúde de MS, Geraldo Resende, informou que nesta semana foram 162 diagnósticos de Covid-19, contra 81 da semana passada. Das sete cidades sul-mato-grossenses com maior incidência da doença, três estão na região Sudoeste do Estado.

A curva crescente da infecção pelo novo vírus em Guia Lopes da Laguna, Jardim e Bonito coloca o Estado em situação de alerta. “O isolamento social deve ser intensificado em todos os municípios, bem como uso de máscaras”, defendeu a secretária-adjunta da Saúde de MS, Christinne Maymonne.

508 casos confirmados

Segundo o boletim divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) neste sábado (16) aponta que Mato Grosso do Sul totalizou, às 10h desta manhã, 508 casos confirmados de Covid-19, o novo coronavírus. De acordo com o secretário Geraldo Resende, o número foi o maior registrado em 24h, sendo 29 casos a mais.

Ressaltando a importância do isolamento social, a secretária-adjunta de Saúde, Christinne Maymone relatou que são 4.765 casos notificados, dos quais 4.088 foram descartados após testagem e 21 excluídos por não apresentarem sintomas do novo coronavírus. Há, além dos 508 casos confirmados, 148 casos sob investigação e 15 mortes.

Dos 29 casos novos confirmados, 27 devem permanecer em isolamento domiciliar e outros dois pacientes estão internados: um homem, de 48 anos, em Paranaíba, e outro jovem adulto de Campo Grande, de 36 anos. Atualmente, 254 pessoas estão em isolamento domiciliar monitorados pelas vigilâncias sanitárias dos municípios, com 216 dos casos já recuperados