Menu
3 de agosto de 2020
10º min
16º min
01/07/2020 às 12h04

Dourados tem quatro mortes por Covid em 24 horas, uma das vítimas médico


iviagora - douradosnews

Dourados teve quatro mortes causadas pelo novo coronavírus (Covid-19) nas 24 horas transcorridas até a manhã desta quarta-feira (1) e agora totaliza 26 óbitos atribuídos à doença. Uma das vítimas fatais é um médico de 75 anos que atuava na linha de frente de combate à pandemia.

Conforme divulgação feita hoje nas redes sociais atribuídas à prefeitura, o município teve 134 novos diagnósticos e agora totaliza 2.670 de seus 222.949 habitantes diagnosticados com Covid-19. No drive-thru foram 39 confirmações, 13 na Vigilância Epidemiológica, 60 nos testes rápidos, três na saúde indígena, três nas internações, e 16 entre funcionários de saúde e segurança pública.

Dessas confirmações, 1.493 pacientes já considerados recuperados, 1.116 seguem em isolamento e 53 internados - 22 em enfermarias e 31 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Do total, 2.477 residem perímetro urbano, 54 nos distritos rurais, 148 na Reserva Indígena, e 35 em outras localidades, moradores em outros municípios que fizeram as testagens em unidades locais.

VÍTIMAS FATAIS

Sobre as mais recentes vítimas fatais do novo coronavírus, a administração municipal detalhou que houve um homem de 80 anos, sem comorbidades relatadas, cujos sintomas iniciais surgiram em 20 de junho. Ele chegou a ser internado, mas morreu na madrugada de ontem.

Também morreu uma mulher de 70 anos que começou a sentir os sintomas da doença em 25 de junho, foi internada e morreu ontem. Embora o exame dela tenha dado positivo no teste rápido, ainda é aguardada contraprova para plena confirmação.

Outra vítima fatal foi uma mulher de 64 anos portadora de doença renal crônica, com sintomas no dia 10 e internada em 15 de junho. Ela não resistiu a parada cardiorrespiratória sofrida ontem.

Mais recente foi a morte de um médico de 75 anos, sem histórico de doenças crônicas, que estava internado desde o dia 14 no Hospital da Vida, chegou a ser transferido para o HU (Hospital Universitário), mas faleceu às 2h30 de hoje.

Miguel Yoneda, médico que morreu em Dourados — Foto: Redes sociais