Menu
11 de agosto de 2020
10º min
16º min
16/07/2020 às 07h13

Com mais de 65 mil casos, 2020 já é 3º ano em notificações de dengue em MS


iviagora - douradosnews

Dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde), divulgados nesta quarta-feira (15), mostram que o ano de 2020 já figura como o terceiro com mais casos notificados de dengue, em Mato Grosso do Sul, desde que o levantamento é feito pelo órgão ligado ao Governo do Estado (2013).

Na primeira quinzena do sétimo mês do calendário, o Estado já alcançou 65.802 casos notificados de dengue (suspeitos), número que superou todo o total registrado em 2016, com 65.505, que até então era o terceiro no “ranking” de registros. Neste período de levantamentos (8 anos), o ano com mais registro de notificados, foi 2013, com 99.748. Como segundo ano com mais casos, figura 2019, com 85.470 registros. Os anos que contaram com registros menores foram 2014, com 9.626 no total e 2017, com 7.277 Veja ao lado os dados (notificações) ano a ano. 

Em todo o Mato Grosso do Sul, o número de casos confirmados de dengue é de 33.858, até o momento em 2020. 
Todos os 79 municípios do Estado, registram alta incidência da doença, assim considerado quando o número de casos ultrapassa 300 a cada 100 mil habitantes. 

As cidades com maior incidência da doença na unidade da federação são: Douradina, São Gabriel do Oeste, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Jateí, Amambai, Naviraí, Ponta Porã, Glória de Dourados e Ladário. Neste quesito, Dourados ocupa a 68 posição, com 2.119 notificações, população estimada em 222.949 pessoas. A capital aparece em 50, com 16.241 notificações. 

Ainda conforme o boletim da SES, o número de casos confirmados de dengue no município chega a 1.186. O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) informou na manhã desta quarta-feira (15) que trabalho de combate a doença pelos agentes de endemia tem ocorrido em várias regiões.

Óbitos 

Em todo o Mato Grosso do Sul, a dengue já matou 39 pessoas, em 2020. Deste total, foram 2 óbitos em Ponta Porã,  1 em Ivinhema, 4 em Corumbá, 7 ocorreram em Campo Grande, 3 em Dourados, 3 em Naviraí, 2 em Caarapó, 2 em Mundo Novo, 2 em Chapadão do Sul e Pedro Gomes, Costa Rica, Paranaíba, Cassilândia, São Gabriel do Oeste, Aquidauana, Bodoquena, Sidrolândia, Nova Andradina, Itaporã, Laguna Carapã, Itaquiraí  e Sete Quedas.