Menu
28 de setembro de 2020
10º min
16º min
11/08/2020 às 10h45

Investigados por roubo de armas e tratores em fazenda de São Paulo são presos pela Polícia Civil em Naviraí


iviagora

Equipe do GOE/DEIC (Grupo de Operações Especiais da Divisão Especializada de Investigações Criminais) da cidade de Araçatuba/SP com o apoio da equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) do 1ª Delegacia de Polícia Civil de Naviraí, prendeu dois indivíduos acusados de participarem de um roubo de armas e tratores em uma fazenda no interior de São Paulo.

O crime aconteceu no dia 19 de Julho em uma propriedade rural no município de Guzolândia/SP. Três indivíduos armados invadiram a residência adentrando por uma janela da cozinha por volta das 20h e renderam as vítimas, anunciaram o roubo.

Uma das vítimas, um agricultou de 29 anos foi agredido por um dos autores, com um chute na cabeça. Ele juntamente com os pais, foram colocados sentados em um sofá, onde ficaram mantidos sob a mira de um revolver, sendo ameaçados de morte caso fizessem algum barulho.

As vítimas foram mantidas reféns por mais de sete horas. Os autores reviram toda a casa e também a sede da fazenda. Enquanto eram mantidos reféns as vítimas ouviram barulho de dois caminhões. Por volta das 4 horas da manhã, os ladrões fugiram do local levando quatro tratores Valtra, uma carabina, joias, dinheiro além de outros objetos. 

Após perceberem que os ladrões teriam deixado à propriedade, as vítimas ligaram para a Polícia, que durante as buscas constataram que os tratores foram rodando por estradas de terra até um canavial recém-colhido, onde foram embarcados em dois caminhões. No local foi encontrada uma cortadeira de capim que havia sido roubada da sede da fazenda e foi deixada pelos ladrões.

O roubo foi registrado na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Guzolândia, mas também foi investigado pela DIG/DEIC (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba.

Durante as investigações a polícia conseguiu identificar dois dos assaltantes, sendo eles moradores em Naviraí. A autoridade policial representou pela prisão temporária dos dois acusados, que foi deferida pela a Justiça de Auriflama/SP.

Os investigadores vieram até Naviraí onde os mandados foram cumpridos com o apoio da equipe do SIG. Foram presos dois suspeitos, ambos de 32 anos. Também foram apreendidos dois aparelhos celulares dos acusados.

Os tratores e as armas roubados não haviam sido localizados.

Os presos foram levados para Araçatuba onde a Polícia Civil, prossegue com as investigações.